Quatro homens são presos por suspeita de planejar sequestro de empresário na Raposa

Suspeitos foram presos em flagrante pela Polícia Civil nesta segunda-feira (09)

Q uatro homens foram presos em flagrante na tarde desta segunda-feira (09) por suspeita de planejar o sequestro de um empresário de ramo de peixes do município de Raposa, cidade localizada na Região Metropolitana de São Luís. A tentativa de sequestro foi evitada pela Polícia Civil do Maranhão (PC-MA).

 

A polícia foi avisada sobre a tentativa de sequestro e se deslocou em diligência para o município. O grupo armado chegou na casa da vítima em um veículo e logo em seguida, foram encontrados pelos policiais.

De acordo com a polícia, o grupo criminoso tinha intenção, após o sequestro do comerciante, de realizar uma transferência bancária via PIX de uma quantia em dinheiro para outra conta bancária. O titular da conta bancária ainda não foi identificado.

No veículo dos criminosos a polícia encontrou duas armas de fogo, roupas que usadas durante o sequestro da vítima e em outros assaltos. Além disso, os policiais informam um documento com toda a ação de como seria o sequestro do ensino.

Segundo a polícia, um dos presos é morador da Raposa e é apontado como o responsável por passar as informações a respeito da vítima. Em depoimento, o comerciante afirmou que vinha recebendo alguns dias mensagens estranhas solicitando a entrega de peixes em lugares desconhecidos.

As investigações apontam que o grupo possui envolvimento com assaltos a comerciais. Eles são suspeitos de assaltaram, na semana passada, uma empresa especial na venda de alumínio localizada no bairro Turu, em São Luís. Faça local, foram levados R $ 2 mil em dinheiro, aparelhos celulares, um caderno e um veículo.

Além disso, o grupo também é suspeito de ter envolvido com roubo à residências no bairro Olho d’Água, Anjo da Guarda e na Vila Mauro Fecury, em São Luís.

A polícia afirma que as investigações vão continuação sendo realizadas para tentar localizar outras pessoas que possam ter envolvimento com uma tentativa de sequestro do impedimento e nos outros crimes praticados pelo grupo.

Após a prisão, os suspeitos foram encaminhados para o Sistema Penitenciário do Maranhão onde vão permanecer à disposição da justiça.

Luis Augusto

Deixe um comentário