ÁUDIO: Audiência entre rodoviários e empresários termina sem acordo em São Luís Empresários pediram a demissão de cobradores em audiência sobre greve

ÁUDIO: Audiência entre rodoviários e empresários termina sem acordo em São Luís Empresários pediram a demissão de cobradores em audiência sobre greve

Em audiência de mediação realizada na manhã desta quinta-feira (10), no Ministério Pùblico do Trabalho do Maranhão (MPT-MA), Rodoviários e empresários retomaram as discussões em torno das cláusulas econômicas, da nova Convenção Coletiva de Trabalho, com vigência para 2022.

Confira na matéria em áudio de Teresa Cristina:

 

 

A classe empresarial alegou não ter receita para garantir o reajuste salarial e aumento no valor do ticket alimentação.

Durante a audiência, o Sindicato das Empresas de Transportes (SET) resolveu lançar uma contraproposta: 5% de reajuste no salário e no valor do ticket alimentação, mas somente, se a entidade concordasse com a dispensa de todos os cobradores do sistema.

De acordo com o Presidente do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão, Marcelo Brito, diante da contraproposta não restará outra alternativa que não seja, toda a categoria cruzar os braços.O procurador reafirmou a disposição do MPT-MA em contribuir com as negociações. Não foi agendada uma nova audiência de mediação. O órgão ministerial aguardará solicitações dos sindicatos.

Além de representantes das entidades sindicais, a audiência contou com a participação de representantes da Prefeitura de São Luís (Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte e Procuradoria do Município) e do Governo do Estado (MOB – Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos).

Segundo os rodoviários, o estado de greve pode ser declarado a qualquer momento.

Luis Augusto

Deixe um comentário