Ministro da Defesa vira cabo eleitoral de Bolsonaro, escreve Bernardo Mello Franco Colunista do Globo diz que objetivo é intimidar a Justiça Eleitoral

Ministro da Defesa vira cabo eleitoral de Bolsonaro, escreve Bernardo Mello Franco Colunista do Globo diz que objetivo é intimidar a Justiça Eleitoral
Edson Fachin, presidente do TSE, e general Paulo Sérgio, ministro da Defesa (Foto: ABr | Marcos Corrêa/PR)

 O jornalista Bernardo Mello Franco alerta para a tentativa do ministro da Defesa, general  Paulo Sérgio Nogueira, de intimidar o TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

O general “apontou a espada para o pescoço da Justiça Eleitoral”, escreve Mello Franco em sua coluna no jornal O Globo. “Na sexta-feira, o general Paulo Sérgio Nogueira tentou enquadrar o presidente do TSE. Em papel timbrado, lançou novas suspeitas sobre a urna eletrônica e endossou a retórica golpista de Jair Bolsonaro”.

O jornalista assinala que o ofício enviado na sexta-feira (10) ao presidente da corte eleitoral, ministro Edson Fachin, contém impropriedades. “O general Paulo Sérgio parece querer dar ordens ao presidente do TSE, ministro Edson Fachin”, ao escrever que reitera que “as sugestões propostas pelas Forças Armadas precisam ser debatidas” e que “a todos nós não interessa concluir o pleito eleitoral sob a sombra da desconfiança dos eleitores”.

Luis Augusto

Deixe um comentário