Após discussão dono de bar é morto e suspeito do crime morre ao ser linchado no Coroadinho SHPP investiga o caso. 5 de julho de 2021, 07:24h0 30 1 minuto de leitura Facebook Jadson foi linchado após ser acusado de matar o dono do bar no Alto São Sebastião (Reprodução) Duas pessoas morreram após uma discussão durante a madrugada de domingo (4), no Alto São Sebastião, no bairro do Coroadinho em São Luís. De acordo com a Polícia Civil, que colheu as primeiras informações, há três versões para o caso, porém a que configura a realidade seria de que o um dono de um bar, identificado como Raimundo Coelho Cabral queria fechar o estabelecimento, para cumprir as normas das autoridades governamentais que libera o funcionamento de bares até meia noite. Jadson de Jesus, conhecido como Baú, (à esquerda) e Raimundo Coelho dono do bar (à direita) || foto reprodução Um cliente que estava no local não gostou e houve uma discussão, logo em seguida o suspeito saiu. Testemunhas informaram que Raimundo Coelho estava limpando o ambiente quando, por volta de 01h00, o suspeito identificada como Jadson de Jesus Ribeiro Leite, conhecido como ‘Jal’ ou ‘Jaú’, retornou de bicicleta e efetuou um tiro contra o dono do bar, que foi a óbito no local. Após cometer o crime Jadson de Jesus tentou se evadir da cena do crime, no entanto foi impedido por populares que lincharam o suspeito que também não resistiu aos ferimentos e entrou em óbito. A Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) está investigando o caso. Coroadinho Homicídio Polícia Civil SHPP

                                                                          Polícia

Após discussão dono de bar é morto e suspeito do crime morre ao ser linchado no Coroadinho

SHPP investiga o caso.

Duas pessoas morreram após uma discussão durante a madrugada de domingo (4), no Alto São Sebastião, no bairro do Coroadinho em São Luís. De acordo com a Polícia Civil, que colheu as primeiras informações, há três versões para o caso, porém a que configura a realidade  seria de que o um dono de um bar, identificado como  Raimundo Coelho Cabral queria fechar o estabelecimento, para cumprir as normas das autoridades governamentais  que libera o funcionamento de bares até meia noite.

Jadson de Jesus, conhecido como Baú, (à esquerda) e Raimundo Coelho dono do bar (à direita) || foto reprodução

Um cliente que estava no local não gostou e houve uma discussão, logo em seguida o suspeito saiu. Testemunhas informaram que Raimundo Coelho estava limpando o ambiente quando, por volta de 01h00, o suspeito identificada como Jadson de Jesus Ribeiro Leite, conhecido como ‘Jal’ ou ‘Jaú’, retornou de bicicleta e efetuou um tiro contra o dono do bar, que foi a óbito no local.

Após cometer o crime Jadson de Jesus tentou se evadir da cena do crime, no entanto foi impedido por populares que lincharam o suspeito que também não resistiu aos ferimentos e entrou em óbito. A Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) está investigando o caso.

Luis Augusto

Deixe um comentário