MORRE OTÁVIO CUNHA DO SET, EMPRESA ROMA E ARAÇAGI

MORRE OTÁVIO CUNHA DO SET, EMPRESA ROMA E ARAÇAGI

MORRE OTÁVIO CUNHA EX-PRESIDENTE DO SET SÃO LUÍS E DONO DA EMPRESA ROMA E ARAÇAGI.

Um dos pioneiros do transporte coletivo urbano no Brasil, Otávio Vieira da Cunha Filho, 81 anos, faleceu esta manhã, em Brasília. Muito atuante no setor, Otávio era presidente-executivo da NTU (Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos) desde 1993, mas já atuava na Associação desde sua fundação, em 1987.

Otávio Cunha conhecia bem o setor e teve uma trajetória marcada por realizações e pelo reconhecimento de seus pares: atuou como empresário de transporte urbano de passageiros por mais de 40 anos; teve atuação destacada como dirigente setorial, tendo exercido, antes da NTU, a função de diretor do Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de Belo Horizonte (Setra/BH) e presidente do Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de São Luís (SET/São Luis); Também proprietário da empresa Roma e araçagi localizadas nos bairros caratatiua e Santo Antônio em São luis do Maranhão, participou da Comissão Especial criada pela Presidência da República para reduzir as tarifas e melhorar o serviço de transporte coletivo nas cidades brasileiras, entre tantas atividades de um legado de grande relevância para o transporte público coletivo.

À frente da NTU, Otávio Cunha defendia a reestruturação do transporte coletivo urbano no Brasil, por meio da criação de um novo marco legal, capaz de devolver a eficiência a esse serviço e a tão desejada tarifa módica. Sempre empenhado em contribuir com melhorias nesse serviço público, sua trajetória no setor começou bem antes, em 1965, quando iniciou a carreira empresarial em João Monlevade (MG). Em 1975 mudou-se para Belo Horizonte, onde cursou as faculdades de Administração e Ciências Contábeis na PUC-MG, continuando sua atuação na área de transportes urbanos. Posteriormente, em 1984, transferiu suas atividades empresariais para São Luis no Maranhão.

Otávio Cunha era natural de Matias Barbosa (MG) e deixa a esposa Jurema, os filhos Marcelo, Roberto e Paula, e cinco netos. Será cremado em Valparaiso de Goiás, no Entorno de Brasília. Não haverá velório.

Luis Augusto

Deixe um comentário