Pai e mãe são presos após vender a própria filha por três cervejas, em Pinheiro

Pai e mãe são presos após vender a própria filha por três cervejas, em Pinheiro

Pai e mãe são presos após vender a própria filha por três cervejas, em Pinheiro

A criança foi levada para a casa do suspeito, porém no dia seguinte conseguiu fugir do local e retornou a residência dos pais, onde teve o acolhimento negado pelos pais

Na manhã desta quinta-feira (9), um casal (pai e mãe), foram presos na pela Polícia Civil do Maranhão, acusados pelos crimes de estupro de vulnerável e venda da própria filha de 11 anos, no município de Pinheiro.

De acordo com as investigações da Delegacia Especializada da Mulher, no final do mês de agosto, denúncias deram conta que a dupla que reside num povoado da zona rural de Pinheiro vendeu a filha para um homem em troca de três cervejas.

A Polícia Civil, em diligências, constatou a veracidade das informações. A criança foi levada para a casa do suspeito, porém no dia seguinte conseguiu fugir do local e retornou a residência dos pais, onde teve o acolhimento negado pelos pais, que justificaram que a menor não era mais virgem e ficariam mal falados na cidade.

De imediato a criança ficou sob a responsabilidade do Conselho Tutelar que adotou medidas de proteção a sua integridade. Diante dos fatos, foi representado pela prisão temporária dos genitores da criança e do homem que a “comprou”, pelo cometimento do crime previsto no artigo 217-A,  estupro de vulnerável do  Código Penal brasileiro.

Luis Augusto

Deixe um comentário